Carlinhos Brown – Seu nome artístico consta ser uma homenagem a James Brown e H. Rap Brown, líderes da música negra da década de 1970, ídolos do funk e da soul music. Foi iniciado na música através de Osvaldo Alves da Silva, o Mestre Pintado do Bongô. Seus primeiros instrumentos, que marcariam toda sua carreira e estilo musical, foram os de percussão, com aprendizado e desenvolvimento das células rítmicas provenientes dos terreiros de candomblé.

Em 1979, tocou na banda de rock Mar Revolto, em sua primeira gravação profissional. Carlinhos Brown tornou-se um dos instrumentistas mais requisitados da Bahia no início da década de 1980. Em 1984 tocou na banda Acordes Verdes, de Luiz Caldas. Foi um dos criadores do samba-reggae e, em 1989, fez parte da banda de Caetano Veloso no disco Estrangeiro. Nesta participação, sua composição “Meia Lua Inteira” fez muito sucesso no Brasil e no exterior.

carlinhos-brown-texto-sambando1Em seguida, surgiram “Remexer”, “O Côco” e “É Difícil”, composições suas interpretadas por outros artistas, que lhe renderam o troféu Caymmi, um dos mais importantes da música baiana. Participou também de turnês mundiais com João Gilberto, Djavan e João Bosco.

Na década de 1990, projetou-se nacional e internacionalmente como líder do grupo Timbalada. Este grupo reuniu mais de cem percussionistas e cantores, chamados de “timbaleiros”, a maioria jovens pobres do bairro do Candeal, onde nasceu o compositor.

Em 2001, teve uma participação muito polêmica no Rock in Rio, quando foi alvo de garrafadas, pedradas e xingamentos. O incidente ocorreu pelo fato de ele ter seu show programado justamente no “Dia do Rock“, que reuniu Guns N’ Roses, Ira! e Ultraje a Rigor, Oasis, entre outras bandas.

Após o sucesso da Timbalada,  Carlinhos Brown começou sua carreira solo oficial em 1996, com o lançamento do disco “Alfagamabetizado”. Recentemente, o álbum entrou para a lista do livro “1001 discos para ouvir antes de morrer”, que reúne opiniões de noventa críticos reconhecidos internacionalmente. Com Marisa Monte e  Arnaldo Antunes, lançou em 2002 o projeto Tribalistas. O trabalho coletivo lançou CD e DVD, arrebatou prêmios e alcançou a marca de mais de 1 000 000 de discos vendidos.

Desde o lançamento de seu primeiro CD solo, Brown contabiliza cinco trabalhos, sendo o mais recente lançado em 2007. Intitulado “A Gente Ainda Não Sonhou”, o disco é totalmente produzido e quase todo tocado por Brown. Atualmente, o músico se divide entre a carreira internacional, que tem uma base sólida principalmente na Europa, seus projetos sociais no bairro do Candeal Pequeno, em Salvador, além dos projetos culturaisshows, produção de discos e trilhas para espetáculos de dança, filmes como Rio 3d que garantiu indicação ao Oscar, dentre outras produções.

Em 2012, passa a ser jurado do The Voice Brasil ao lado de Claudia Leitte, Daniel e Lulu Santos.

Carlinhos Brown continua sua linda missão, levando para todo Brasil shows repletos de swing, alegria, alto astral e muito axé para o público.

Contratar o Carlinhos Brown para shows e eventos corporativos e sociais ficou mais fácil.

CLIQUE AQUI ou ligue:

Telefones: (71) 3512-0818  / (21) 3823-0535)

DEIXE UMA RESPOSTA

Entre com seu comentário
Por favor, digite seu nome