Para a Gang do Samba, crime é ficar parado.

Na emboscada contra a tristeza, Nem Massal é quem dá a voz.
A principal arma de Nilton é o pandeiro, por onde ele dispara o ritmo. Nego, com o surdo faz a cobertura e Eri mantém o cavaco sempre em “ponto de bala”. Mas  a  tristeza  se rende  mesmo é quando Rosiane entra em cena com sua arma secreta e esbanja alegria. Com a Gang é assim.

A Gang do Samba pegou o samba pelo pé em 1997, quando lançou seu primeiro álbum, tendo à frente a morena Roseane, que ficou em segundo lugar na escolha da morena do Tchan!, que apresentou Scheila Carvalho para o Brasil. Com o hit “Melô Do Ti Cá Tá” estourado em todo o Brasil, o grupo conquistou seu espaço na música brasileira, em especial a baiana.

O Estouro local da Gang do Samba foi com a música Embolê, que acabou virando título do primeiro disco do grupo. Esse disco trouxe muitas novidades, principalmente uma maneira nova de fazer pagode, e, de quebra, tinha a valorização do samba duro, o verdadeiro samba de roda da Bahia.

gang-texto-sambandoEm pouco tempo a Gang do Samba estava nas paradas com várias músicas entre as mais executadas na Bahia e todo o Norte-Nordeste, com destaque para Vadeia Comadre, Maria Gasolina e Cicatriz.

Teve como formação, Massal (ex-vocal), Nêgo e Eri (cavaco), Xuxu (vocal e baixo), Nilton (pandeiro e vocal), Jymi (percussão) e Fred (teclados), a Gang do Samba já era conhecida na cena musical, tendo, inclusive, uma música gravada pelo Araketu em 94.

A popularidade aconteceu quando a banda incorporou o samba e o pagode ao seu repertório, sem perder suas raízes baianas. Com isso, vieram os convites para dividir o palco com Margareth Menezes, Raça Negra, Só Pra Contrariar e o Grupo Molejo, entre muitos outros. Em seus 15 anos de história, a Gang do Samba é respeitada e querida por todos os grupos de samba, pagode, axé e outros ritmos. Uma prova disso é que nomes como Araketu e Harmonia do Samba já regravaram canções da banda.

O segundo disco, Tingalagatinga, foi lançado no segundo semestre de 2000 e promete repetir o sucesso da estréia, com os hits “Já que tá gostoso, deixa”, “Agacha mãe”, “Jogo de Cintura”, além da faixa que dá nome ao disco. Com a formação atual, muitos de seus integrantes iniciais como Eri da Gang e Nego Surdo, esses dois são a base da banda, músicos de referência na Bahia e artistas consagrados pelo Brasil.

Sambando, cantando, sacudindo com a gang… É assim que é nego! Um show de primeira, que agita aonde chega…

É a Gang levando para todo Brasil, shows repletos de swing, alegria, alto astral e muita sinergia com o público.

Contratar o #GangdoSamba para shows e eventos corporativos e sociais ficou mais fácil.

CLIQUE AQUI ou ligue:

Telefones: (71) 3512-0818

DEIXE UMA RESPOSTA

Entre com seu comentário
Por favor, digite seu nome