Alcione Dias Nazareth (Marrom), nasceu em São Luís do Maranhão no dia 21 de Novembro de 1947. O nome de batismo foi ideia do pai, inspirado na personagem Alcione, a principal de um livro chamado ‘’Renúncia’’.

Ela é quarta dos nove irmãos: Wilson, João Carlos, Ubiratan, Alcione, Ribamar, Jofel, Ivone, Maria Helena e Solange. Alcione tem mais nove meio-irmãos que seu pai teve com outras mulheres. Sua mãe chegou a amamentar algumas dessas crianças, tamanha generosidade e perdão que teve com as traições do marido, já que as crianças não tinham culpa.

Desde pequena, graças ao pai policial e integrante da banda de sua corporação, João Carlos Dias Nazareth, inserida no meio musical maranhense, Alcione fez sua primeira apresentação já aos doze anos. O pai, João Carlos Dias Nazareth, foi mestre da banda da Polícia Militar de São Luís e professor de música. Alem disso, foi compositor e eterno apaixonado pelo bumba-meu-boi, folguedo típico da capital maranhense. Foi ele quem lhe ensinou, ainda cedo, a tocar diversos instrumentos de sopro, como o trompete e clarinete que começou a praticar aos nove anos.

Sua primeira apresentação profissional foi aos 12 anos, na Orquestra Jazz Guarani, regida por seu pai. Certa noite, o crooner da orquestra ficou rouco, sendo substituído pela menina. Na ocasião, cantou com sucesso a canção Pombinha Branca e o fado Ai, Mouraria. Fez muito sucesso e ali viu que nasceu para cantar.

alcione-texto-sambandoAlcione sempre conta que seu pai era bom homem e incentivava as filhas a serem independentes desde muito cedo, a nunca obedecerem homem nenhum, além de lhes ensinar valores morais rígidos.

Aos 18 anos de idade formou-se como professora primária na Escola de Curso Normal. Lecionou por dois anos, quando foi demitida aos 20 anos, por ensinar a seus alunos como se tocava trompete, que seu pai lhe ensinou quando pequena, querendo passar o aprendizado que recebeu, mas isso não agradou a direção da escola, que na época era muito rígida.

Começou a se inscrever em programas de calouros, e foi sendo chamada para se apresentar. Destacou-se ao vencer as duas primeiras eliminatórias do programa ‘’A Grande Chance’’, de Flávio Cavalcanti. Nessa mesma época, conheceu a famosa TV Excelsior. Se inscreveu e conseguiu fazer um teste de voz, e passou com boa colocação. Assinou o primeiro contrato profissional com essa TV, apresentando-se no programa ‘’Sendas do Sucesso’’. Seu sucesso foi imediato e instantâneo.

Depois de seis meses na emissora, realizou turnê por quatro meses pela América Latina, sendo a primeira vez que saiu do Brasil. Voltou ao Brasil em 1972 e três anos depois ganhou o primeiro disco de ouro através do primeiro LP, A voz do samba (1975). “Não Deixe O Samba Morrer” quando começou a ser executada nas rádios do país, permaneceu 22 semanas em primeiro lugar nas paradas de sucesso.

Recentemente, lançou a coletânea: Alcione Ao Vivo Em Grandes Encontros. Entre as diversas participações, podemos citar, Djavan em “Capim” e ainda “Êh, Êh” com reforço de Zeca Pagodinho num trio inusitado; Maria Bethânia em “Sem mais adeus”, enquanto Diogo Nogueira abre o projeto participando em “Poder da criação”, Lenine e Martinho da Vila estão com Marrom em “Evolução” e “Ilha de Maré/Roda Ciranda”, respectivamente. Da vertente caciqueana do samba, surgem o Grupo Fundo de Quintal reforçando “Parabéns pra você” e Jorge Aragão soma seu belo grave em “Na mesma proporção”.

4 COMENTÁRIOS

  1. Boa noite, sou Milton Pereira ( compositor ) e tenho 2 músicas prontas que fiz com perfil total da Alcione. tenho a gravação feita por uma cantora do meio artístico e ficou muito boa. gostaria de apresentar essas composições.

  2. BOA NOITE ,MINHA MADRINHA!,SAUDADES LHE MANDAM FORTES LEMBRANÇAS.
    COMO JÁ MENCIONEI EM UM OUTRO SAMBA DE MINHA PRÓPRIA AUTORIA,EM QUE EU MENCIONO:”DEVO ACREDITAR QUE O AMANHÃ,SERÁ BEM MELHOR,QUERER SE VOLTAR ,CONTRA AS COISAS DIVINAS,FÁZ A VIDA,SER,MUITO PIOR”
    GUARDO A MINHA ESPERANÇA,DE UM DIA TER A POSSIBILIDADE DE MOSTRAR-LHE DIRETAMENTE,ALGUMAS DAS MINHAS OBRAS MUSICAIS,AINDA INÉDITAS,SE ME PERMITE O MEU CONTATO É:0xx979xx2401GILMAR SIMPATIA.
    PARCEIRO MUSICAL DE LUIZ CARLOS DA VILA,SERGINHO MIRITI,JORGE MAUTNER,´DÉLCIO CARVALHO,CARLOS CAETANO,PEDRO BOTINA,BANDEIRA BRASIL,MACAU,ALEM DE OUTROS,OK ?ALÕ VERA,ALÔ SOLANGE,QUANDO PODERAM ME RECEBER ?

  3. Meu nome é Paulo Cardoso, sou compositor e gostaria de mandar uma musica para Alcione, como devo proceder?

DEIXE UMA RESPOSTA

Entre com seu comentário
Por favor, digite seu nome