A “Estação Primeira de Mangueira” definiu sua homenageada e consequentemente o samba enredo que disputará o título do carnaval carioca de 2019. A Vereadora Marielle Franco assassinada  em 14 de março de 2018 no Rio de Janeiro junto ao seu motorista Anderson Gomes certamente abalou o país ao mesmo tempo que, o crime se tornou um marco de representatividade em vários sentidos, principalmente em relação ao direito de se manifestar, um atentado contra a democracia.

Assim, a verde e rosa espera levar a avenida em forma de protesto, toda sua indignação e respeito sobre o caso e sobre o que ele representa para sociedade.

“História pra ninar gente grande” de autoria do carnavalesco Leandro Vieira, onde o tema será “História que a história não conta”.

No refrão, o nome da vereadora é citado: “Brasil, chegou a vez de ouvir as Marias, Mahins, Marielles, Malês”


“Brasil, meu nego deixa eu te contar
A história que a história não conta
O avesso do mesmo lugar
Na luta é que a gente se encontra
Brasil, meu dengo a Mangueira chegou

Com versos que o livro apagou
Desde 1500, tem mais invasão do que descobrimento
Tem sangue retinto, pisado
Atrás do herói emoldurado
Mulheres, tamoios, mulatos
Eu quero o país que não tá no retrato
Brasil, o teu nome é Dandara
Tua cara é de Cariri
Não veio do céu nem das mãos de Isabel
A liberdade é um Dragão no mar de Aracati
Salve os caboclos de Julho
Quem foi de aço nos anos de chumbo
Brasil chegou a vez de ouvir as Marias, Mahins, Marielles e Malês.
Mangueira, tira a poeira dos porões
Ô, abre alas
Pros seus heróis de barracões
Dos Brasis que se faz um país de Lecis, Jamelões
São verde e rosa as multidões.”

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Entre com seu comentário
Por favor, digite seu nome