sorriso-que-saudadeFui convidada a escrever uma coluna no Portal Sambando.com, fiquei super feliz, já sabia sobre que iria falar, solidariedade, samba, mulheres que lutam e brilham no samba, um ambiente tão machista, mas tão necessitado do feminino.

De repente, num destes acontecimentos da vida que não sabemos, nem temos poder de explicar, perdi nesta esfera terrestre minha irmã Valeria, companheira de todas as horas, segunda mãe, sempre pronta a ajudar, não tinha tempo ruim.

Conhecida nas rodas como Sorriso, pois só vivia com seu sorriso largo transformando o ambiente em que chegava em festa, transitava em todas as rodas, em todos os eventos que tivesse a ver com musica e cultura, para encontrar amigos, contar histórias, cantar e rir e zoar muito.

Morava na area Boemia da cidade, na Lapa, e na sua Varanda/Terracinho promovia comidarias, encontros, festas sempre animadas, que tornavam-se rituais, mas só para amigos chegados – a família, o povo do Bem.

Em todos os meus shows ela estava, eu sabia que ia ver seu rosto, seu sorriso e suas tentativas de boas fotos rsrsrs.

Imperiana como Mamãe, todo ano estava ela nos ensaios e a desfilar pelo Império Serrano esperando que sua Escola voltasse ao seu merecido lugar.

Assim era a Sorriso com suas comidas: feijoada de Sao Jorge em Irajá, Caruru Preeto Velho, Arraia de João e Maria….e outros encontros que promovia.

Amava seus filhos Joana, Henrique e era apaixonada de quatro pelo neto João, cultivava as amizades como margaridas em jardim, por isso estava sempre florido seu Sorriso.

Um espirito genuinamente solidário Carioca, comprovado por seu Gurufim que até “Alfredinho do Bip Bip”, a quem agradeço a presença, Claudio Jorge, Paulo Cesar Figueiredo, Ernesto Pires e Sambamantes, Amigos do Bem todos compareceram e fizeram a festa que ela queria e sambamos e sorrimos…..

Quero chorar o teu choro quero sorrir teu Sorriso valeu por voce existir ..Sorriso!
E assim terminamos a cantoria com a musica Amizade que ela tanto gostava.

DEIXE UMA RESPOSTA

Entre com seu comentário
Por favor, digite seu nome