27.6 C
Brasil
terça-feira, outubro 4, 2022

Loja Sambando

spot_img

Paolla Oliveira fala sobre gravidez e dispara: ‘Muito aflita com essa questão da maternidade’

Além dos fãs, o pai da atriz quer vê-la grávida. Paolla explicou o que realmente pensa sobre o assunto.

Direto das redes

spot_img

Paolla Oliveira, aquela musa inspiradora dona de uma beleza única, e que muito se comenta sobre seus passos no mundo do samba e do carnaval, como Rainha de bateria da Grande Rio e atual naturalmente campeã do carnaval carioca 2022, interpreta “Pat” em Cara e Coragem, papel que a atriz desempenha atualmente na tv Globo.

Namorando Diogo Nogueira desde o ano passado, muitas especulações sobre gravidez já se ouviu falar sobre o casal:

Paolla está sendo sempre cobrada pelos fãs para engravidar do sambista, que o público considera o “pai ideal” para seu filho.

O casal caiu nas graças da galera das redes sociais pelo fato dos dois serem apaixonados por samba e carnaval.

A atriz já confessou que congelou alguns óvulos para analisar essa possibilidade futuramente mas, que agora não é o momento certo.

Paolla afirmou que, por enquanto, ter um bebê não faz parte de seus planos e que no momento ainda não se sente pronta para a maternidade. Ela também comentou, sobre a questão de desfilar no Carnaval.

A atriz explicou que chegaram a alertá-la que era preciso tomar muito cuidado, pois existia o risco de acharem que ela acabaria sendo vista como ‘sensual demais’ e, com medo, acabou ficando uma década longe da avenida.

“A sensualidade foi um pacote ruim para mim. Mas eu batalhei para que vissem todos os meus lados, consegui ser camaleônica”, explicou Paolla em uma entrevista ao portal Extra.

A Grande Rio, pela primeira vez, conseguiu vencer no grupo especial e enxerga Paolla Oliveira como “Pé quente”.

Sobre a maternidade, ela afirmou que seu pai sempre quis que ela se casasse para lhe dar alguns netos, mas este não é seu plano. O recado foi direto para aqueles que querem muito vê-la grávida, ou seja, precisarão ter muita paciência.

“Eu ficava muito aflita com essa questão da maternidade. […] Mas isso passou, agora, se eu tiver que enfrentar uma sociedade inteira para falar disso, eu vou falar”, afirmou Paolla.

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Confira também

Jammil

EM 1994 Tuca Fernandes (ex vocalista), Manno Góes (baixo e vocal) e Roberto Espínola (guitarra e vocal) se juntaram para formar uma grupo que misturasse axé music com samba-reggae, começando...
- Você também pode aparecer aqui -spot_img

Você também vai gostar

- Publicidade -spot_img