30.6 C
Brasil
domingo, setembro 19, 2021

Loja Sambando

spot_img

Os dez sambas mais ouvidos na concentração dos jogos de futebol

Direto das redes

spot_img

O samba e o futebol sempre tiveram uma parceria de sucesso.

Seja para comemorar vitórias ou para momentos de descontração antes e depois dos jogos, os jogadores e jogadoras estão sempre batucando um samba.

Ronaldinho Gaúcho, Daniel Alves, Ronaldo, Neymar, Marta, Formiga, Cristiane e muitos outros, sempre tiveram no samba o seu melhor “parça”.

Aliás, dizem que até Leonel Messi, com toda a sua timidez, não resistia ao bom e velho samba, tentando batucar na palma da mão ou acompanhar o batuque com os seu talentosos pés, os sambas trazidos às concentrações do Barcelona por Ronaldinho Gaúcho e Neymar.

Agora, no Paris SaintGermain, certamente Messi irá reencontrar-se com a alegria do samba, ao lado de Neymar e outros jogadores brasileiros que adoram batucar por ali.

Da Europa para a américa do sul, o samba também é ritmo obrigatório nas concentrações dos jogos de futebol.

Do Campeonato Brasileiro a Copa Libertadores da América, passando por Jogos Olímpicos e Copas do Mundo, o samba é presença constante, empolgante e marcante do vestiário, passando pela concentração, pelo ônibus, no avião e até no campo, inclusive nas comemorações dos gols mais empolgantes.

É tipo aquele jogador importante que nunca fica na reserva.

Após umas pesquisas com integrantes das comissões de futebol de vários times brasileiros, e também com jogadores e jogadoras, conseguimos reunir uma lista com os 10 sambas mais ouvidos nas concentrações dos jogos de futebol.

Vamos a lista:

1 – A Amizade (Fundo de Quintal):

Um dos maiores sucessos do Fundo de Quintal, também faz parte da playlist de muitos jogadores e jogadoras de futebol e dizem que é uma das mais cantadas também nos vestiários após os jogos.

Alguns confessaram que já chegaram a cantar a música para um parceiro de time que deu o passe para aquele gol especial.

A Amizade é como um hino sagrado entre os jogadores de futebol. Não era pra menos!

2 – O Campeão (Neguinho da Beija-Flor)

Lançada em 2007 por Neguinho da Beija-Flor, esta música foi praticamente imortalizada nos estádios de futebol de todo Brasil, e sua energia também invade a concentração dos times de futebol.

É como uma injeção de ânimo e de confiança: além do ritmo contagiante, uma espécie de samba-enredo de campeão, a letra descreve a cena de uma vitória marcante no futebol, inclusive da emoção da torcida, gritando o nome do time.

Quer coisa melhor para incentivar uma equipe?

Por isso, alguns integrantes das comissões técnicas, principalmente de times cariocas, confessaram que usam “É Campeão” inclusive na preleção para motivar o time.

3 – Pé na Areia (Diogo Nogueira)

Nem precisa explicar porque os jogadores e jogadoras de futebol gostam tanto desta música.

Além do refrão que reúne quase tudo que é preferência dos brasileiros:

Pé na areia, a caipirinha, água de coco, a cervejinha, pé na areia, água de coco, beira do mar…

A música também fala de fugir com um amor para uma praia. Ai que delícia…

Depois de tanta viagem, concentração pressão de jogo, obviamente tudo que os jogadores e jogadoras de futebol querem, é encontrar a sua esposa, o marido, a sua namorada ou namorado e “fugir pra onde tá fazendo mais calor e ninguém pode nos achar.” #quemnunca

4 – Tá Escrito (Grupo Revelação)

Este é outro samba que figura entre os primeiros na playlist dos jogadores e jogadoras de futebol, principalmente no caminho entre a concentração e o estádio de futebol.

A letra que fala em erguer a cabeça, ir em frente, ser guerreiro, não fugir da luta pois, é Deus quem aponta a estrela que tem que brilhar e, por isso, Ninguém vai poder atrasar quem nasceu pra vencer, funciona como uma espécie de preleção individual.

Alguns dizem que chegam a se arrepiar ao ouvir e cantar “Tá Escrito”, e que entram no campo cantarolando a música mentalmente. Realmente é um super incentivo.

5 – Quando a gira girou (Zeca Pagodinho)

Esta música fala de amor, apoio, superação e é tudo que os jogadores e jogadoras de futebol querem, principalmente depois de jogos difíceis.

Os mais fiéis as suas esposas/maridos e namorados/namoradas, dizem que colocam elas na playlist para lembrar o quanto o parceiro ou a parceira que está na torcida, são importantes na sua vida.

Uma declaração de amor e reconhecimento, gratidão às mães, esposas, maridos, namoradas ou namorados, que apoiam os jogadores e jogadoras, estando sempre ao seu lado, dando força, inclusive nos momentos mais difíceis, e isso é muito bom.

6 – O Show tem que Continuar (Arlindo Cruz)

O show tem que continuar de Arlindo Cruz, é outra música sobre acreditar em si mesmo e no bom resultado que se pode alcançar nos campos ou fora deles.

Entre os jogadores e jogadoras que partiram para jogar futebol na Europa, esta música é unanimidade para segurar a ansiedade no voo até o velho continente.

Alguns dizem que dava até vontade de cantar bem alto o trecho:

Nós iremos até Paris
Arrasar no Olímpia
O show tem que continuar

Olha o povo pedindo bis
Os ingressos vão se esgotar
O show tem que continuar”

7- Manda Áudio (Menos é Mais e Di Propósito)

Não foram só os jogadores e jogadoras de futebol que se apaixonaram por este pagodinho gostoso de ouvir. “Manda áudio” ficou entre as mais ouvidas por um bom tempo.

E, como não poderia deixar de ser, muitos, inclusive o Neymar, foram flagrados cantando e dançando “Manda Áudio”.

Aliás, alguns confessam que, até enviaram trechos das músicas para as namoradas depois daquelas briguinhas bobas sabe.

Quer saber o trecho mais enviado?

“manda áudio deixa ver se tem saudade no seu tom de voz…”

8 – Nem de Graça (Grupo Pixote)

Na mesa linha da anterior, esta é outra música que os jogadores e jogadoras escutam muiiito pra lembrar das esposas, namoradas, maridos etc.

100% dos consultados, disseram que esta música é uma espécie de remédio contra ciúme e desconfiança. #ficaadica

É que se rola aquele ciúmezinho bom, aquela desconfiança da amada ou do amado, que está muitas vezes a quilômetros de distância, o refrão de “Nem de Graça” do grupo Pixote, cai como uma luva para que eles ou elas, possam tranquilizar o amor:

Se essa boca não beijasse tão bem
Se esse abraço não fosse tão massa
Se que saber se eu quero outro alguém
Nem de graça, nem de graça

Alguns dizem que chegam a frisar o trecho final do refrão, cantando para a amada ou para o amado: “se quer saber se quero outro alguém, nem de graça, nem de graça.”

O resultado positivo é garantido.

9 – Deixa a vida me Levar (Zeca Pagodinho)

Este samba ficou imortalizado na história da seleção feminina de futebol, que adoram um bom samba.

E tanto entre os jogadores quanto entre as jogadoras de futebol, Deixa a vida me levar, de Zeca Pagodinho, figura entre as músicas preferidas para conter a ansiedade pré-jogo.

Prestando atenção na letra, dá pra ver que é um ótimo remédio.

10- Fio Maravilha (Jorge Ben Jor)

Nem precisa falar: a homenagem de Jorge Ben a Fio Maravilha, mexe com o imaginário dos jogadores e jogadoras que fecham os olhos e se vêem fazendo o que diz a música:

Tabelou, driblou dois zagueiros
Deu um toque driblou o goleiro
Só não entrou com bola e tudo
Porque teve humildade em gol

E aí, será que estes sambas também entram na sua playlist?

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Confira também

Sorriso Maroto

O Sorriso Maroto gravou seu novo DVD com antigos e novos sucessos no dia 1° de março, data em...
- Você também pode aparecer aqui -spot_img

Você também vai gostar

- Publicidade -spot_img