26.3 C
Brasil
sexta-feira, setembro 24, 2021

Loja Sambando

spot_img

O Poder das Lives de Samba

As lives de samba estão entre as mais assistidas em temos de pandemia mundial

Direto das redes

spot_img

A letra do samba de Rodrigo Leite / Serginho Meriti, mais conhecida na voz de Leandro Sapucay diz: “Não há mal nenhum, que o samba não possa curar, veja quanto bem, meu samba tem, meu samba dá.”

E nestes tempos de coronavírus, quarentena isolamento social as lives de samba tornaram-se grandes aliadas para curar as dores da saudade das rodas de samba por todo Brasil.

Mas com uma diferença: enquanto outros ritmos como o sertanejo tem sua hegemonia, muito em função da possibilidade dos artistas do gênero e suas produtoras, fazerem grandes investimentos em publicidade de tv, radio e anúncios on-line para chamar o público para suas lives, o samba apesar da sua riqueza cultural não é agraciado com tanta disponibilidade de recursos financeiros.

Mas, mesmo sem investimento, com seu gingado, no sapatinho o samba foi chegando e mostrou que a sua força não está na capacidade financeira de quem tem a coragem de dedicar a vida para fazer samba: está no dom natural do samba de atrair e conquistar o público.

Assim as lives de samba alcançaram a marca de milhões de visualizações nos canais de transmissão online ficando entre as lives de música mais assistidas destes tempos de quarentena.

A live do Raça Negra é um exemplo: na contramão de todas as recomendações, o Raça Negra apostou na própria história com seu estilo de samba e pagode romântico fazendo a live “Só As Antigas” e, para deixar de queixo caído aqueles que diziam “xii, não vai dar ninguém”, a live do Raça Negra atraiu mais de 1,6 milhão de espectadores simultâneos.

O Samba mostrou sua força natural.

Antes do Raça Negra, a live inusitada do cantor Mumuzinho da varanda do seu apartamento, atingiu também a marca de mais de 1 milhão de espectadores e virou notícia no país inteiro.

Isso sem contar que milhares de pessoas pediram a Zeca Pagodinho que também fizesse o show online. Os pedidos foram tantos que Zeca Pagodinho teve que fazer um vídeo explicando porque não fazia uma live.

De artistas renomados a nomes menos expressivos, fato é que as lives de samba vem reunindo grandes públicos.

É a prova de que o samba, com mais de 100 anos de história é genuinamente o ritmo de todos os brasileiros e por isso tem força para atrair multidões em todo lugar, inclusive no vasto mundo da internet!

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Confira também

Ivete Sangalo

Essa baiana de Juazeiro, conquistou o Brasil em seus 20 anos de carreira. E agora parte para conquistar o...
- Você também pode aparecer aqui -spot_img

Você também vai gostar

- Publicidade -spot_img