Maricá, tarde de Domingo, o sambista e compositor Claudinho Guimarães foi tirar um cochilo após o almoço com a esposa Cristiane, quando foi acordada por Claudinho se queixando de fortes dores no peito e nas costas, assim se encaminharam rapidamente para o Posto de Saúde da 83 no Jardim Atlântico em Itaipuaçu, bairro que residia onde foi prontamente socorrido, aparentemente as dores haviam diminuído e já estava sendo preparado para ser levado ao Hospital Conde Modesto Leal, no centro da cidade.

Surpreendente as dores retornaram com maior intensidade não resistindo e falecendo.

O sambista tinha parceria com vários artistas do alto escalão do samba de raiz, especialmente Serginho Meriti e Zeca Pagodinho.

Claudinho Guimarães deixa a esposa e filha e uma legião de fãs em todo Brasil, deixando a pequena cidade abalada com a notícia, afinal, como sambista tinha essa proximidade com o povo da região.

Que Deus o tenha e conforte a família, amigos e fãs do bom e velho samba.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Entre com seu comentário
Por favor, digite seu nome