Intérpretes das Escolas de Samba do Rio de Janeiro se uniram em uma live neste sábado (9) com um propósito maior: ajudar as famílias das comunidades que estão passando necessidade em função da pandemia do Coronavírus.

Organizada pela Escola de Samba Beija-Flor de Nilópolis a live teve quase 6 horas de duração e reuniu mais de 320 mil pessoas.

O resultado desta relevante participação foi maravilhoso: a Live do Samba com intérpretes de várias Escolas de Samba do Rio De janeiro, conseguiu arrecadar cerca de 60 toneladas de alimentos segundo a organização do evento.

A live solidária foi montada na Cidade do Samba, dentro do Barracão da Beija-Flor, tendo como mestre de cerimônia o ilustre Milton Cunha.
Cada escola de samba participante, fez um show de 40 minutos cantando sambas-enredos históricos.
Num telão, entrevistas com personalidades importantes do carnaval e momentos marcantes dos desfiles das escolas de samba.

O público interagiu o tempo todo via chat e pela quantidade de alimentos arrecadados, mostrou que o samba e a solidariedade caminham de braços dados e podem fazer a diferença nestes tempos de pandemia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Entre com seu comentário
Por favor, digite seu nome