Abadás customizados, chapéus engraçados, uma maquiagem super moderna e aqueles acessórios que trazem um charme especial ao modelito, com a leveza que a festa precisa! Esta é a regra básica para estar na moda do carnaval!

Na hora de sair no bloco, ninguém quer ficar prá trás. E isso inclui escolher ou criar fantasias que sejam confortáveis, mas que também acompanhe o tom da festa ou satisfaça o objetivo do folião de querer ser engraçado, ousado , sedutor ou simplesmente usar o carnaval para deixar a timidez de lado e vestir a fantasia para assumir um personagem assim… “mais soltinho”. Na festa do vale tudo, só não vale deixar de brincar o carnaval, por falta de fantasia.

Para os que gastaram muito nas festas do final de ano e, para aqueles que o “real” virou “fantasia”, vale, e muito a pena, usar a criatividade típica do brasileiro para se divertir sem ter que gastar muito ou, sem gastar nada.

Quem não tem uma calça jeans já surradinha encostada no guarda-roupa? Com uma tesoura, um pouco de água sanitária e criatividade, ela viraum shortinho maneiro e confortável para sair por aí pulando de alegria: Se  combinar com uma camiseta branca e um colar havaiano que pode se criado com canudo, plástico colorido e um pedaço de naylon ou silicone fica melhor ainda.

Para quem não quer ter este “trabalho”,  basta caprichar na maquiagem colorindo os olhos ou fazer uma pintura no rosto e cair na folia. Porém, os blocos de rua mostram que a galera curte mesmo é  diversificar: Assim, com tinta de tecido em pó camisetas ganham colorido especial: As cores quentes estão sempre em alta e as fantasias temáticas de desenho animado, jogador de futebol, anjinhas  nunca saem de moda.

Agora é impressionante como os homens gostam de se vestir de mulher no carnaval! Eles dizem que as roupas femininas (geralmente vestidinhos, saias e croppeds) são mais “confortáveis” e aliviam o calor…  Mas também há aqueles que não abrem mão do estilo “macho alfa”. Aí você tem Capitão América, He-man, superman, uma série de outros super-heróis, e uma série de outros personagens de desenho ou da vida real que torna tudo muito mais engraçado e divertido. Montar a fantasia, na verdade, faz parte da diversão!

Em época que declarar abertamente o amor pelos bichinhos de estimação,  o look “eu amo meu cachorro”, ou se fantasiar de cachorrinha ou cachorrinho, é uma mão na roda para montar o look: um ossinho destes vendidos em pet shop, pode virar um lacinho de tiara, ou uma gravata borboleta: aí basta usar tintas guache para pintar o rosto e/ou o corpo , e não esquecer do rabinho que pode ser feito com tecido.

Customizar abadás também é regra  entre os blocos, tanto para mulheres quanto para homens. No sol da Bahia uma camiseta de polyester com manga curta, é quase um cobertor! Então, para aliviar o calor e dar um look diferenciado no abadá, basta uma tesoura e a velha e boa criatividade para criar camisetas diferentes. Em Salvador também, acessórios como bonés, colares típicos da Bahia e até as famosas fitinhas do Senhor do Bonfim, podem ajudar a criar um visual super legal para pular atrás do trio!

E para aqueles que curtem o frevo de Olinda e Recife, a sombrinha colorida, além de proteger do sol e ser peça chave para “frever” no carnaval pernambucano, pode virar um acessório para compor a fantasia: elas se transformam facilmente em Leques coloridos ou chapéus e pegam muito bem com shorts, saias leves, vestidinhos soltos e camisetas de renda furadinhas, típicas do nordeste.

Com criatividade, ousadia e alegria, a verdade é que o brasileiro sabe curtir o carnaval, cheio de fantasia!

DEIXE UMA RESPOSTA

Entre com seu comentário
Por favor, digite seu nome