O Palácio do Samba foi o palco da coroação para o carnaval 2015 da Rainha de Bateria da Mangueira. Evelyn Bastos foi mantida pela direção da Escola, por representar a raiz da mulher mangueirense. Nascida e criada no morro da Mangueira, consagrado berço de vários sambistas imortais, a rainha levará para a Sapucaí mais uma vez, todo o encanto, beleza e garra do enredo da escola para este Carnaval: “Agora chegou a vez vou cantar: mulher de Mangueira, mulher brasileira em primeiro lugar.
Na mesma noite houve a inauguração de uma nova sala de troféus. O espaço será logo na entrada da quadra, facilitando a todos tirarem fotos com os símbolos das conquistas da Estação Primeira. Um dos mais concorridos será o do Supercampeonato de 1984. Segundo a presidência, esta era uma antiga solicitação de todos que frequentam a quadra da escola. A bateria “Tem que respeitar meu tamborim”, com o intérprete Luizito e vários segmentos da escola, deram um show a parte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Entre com seu comentário
Por favor, digite seu nome