Meu nome é Carla Regina,sou conhecida como Deusa de Malê.

O turbante sobre minha cabeça reflete em mim a beleza negra que toda brasileira ou brasileiro tem. O uso do turbante não é um modismo e sim uma valorização a nossos ancestrais africanos.

Sobre esta temática, busco trazer sempre dicas de moda e comportamento da mulher genuinamente brasileira inspiradas nas raízes africanas que refletem a nossa autenticidade tão admirada em todo o mundo representada principalmente pelo bom e velho samba!

Salve o Samba! Salve a Nossa Cultura! Salve a beleza negra brasileira!

CONFIRA  AQUI A MINHA COLUNA

3 COMENTÁRIOS

  1. Linda sua história, me vi em vc, sempre fui faxineira, porque foi a única vaga que me deixavam pegar, tive câncer de mama, tive câncer tireoide, tuberculose tirei meu útero, mas eu sonhava muito e fui pra faculdade com 47 anos me formei com 50, professora de artes, mas não consigo aulas, hoje faço bonecas de pano negras e faço salgados, ainda na luta !! Vou vencer bjus no coração

DEIXE UMA RESPOSTA

Entre com seu comentário
Por favor, digite seu nome