“Whatsappiei para ela”, “Ela Sambou eu dancei”, “O surfista e o Sambista”, fazem parte do novo disco de Arlindo Cruz, Herança Popular. Compositor sempre ligado ao mundo à sua volta, Arlindo consegue como poucos, transformar em versos, o amor dos tempos modernos. Se antes, os apaixonados escreviam cartas, hoje tudo rola em redes sociais como facebook e whatsapp. Aproveitando também as experiências e novas amizades que surgiram dentro do Programa Esquenta, Arlindo criou canções inusitadas com participações de funkeiros como MR Catra (Ela sambou, eu dancei) além de homenagear o surfista Pedro Scooby que conheceu no Esquenta, sem esquecer, claro dos velhos amigos como Zeca, Maria Rita e o saudoso Jair Rodrigues, para quem regravou “Somente Sombras” em parceria com Zeca Pagodinho. Assim Herança Popular, já vem repetindo o sucesso dos outros discos lançados por Arlindo Cruz, com o diferencial de conquistar também o público adolescente, uma nova geração de apaixonados pelo samba que vem crescendo a cada dia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Entre com seu comentário
Por favor, digite seu nome