23.4 C
Brasil
segunda-feira, fevereiro 6, 2023

Loja Sambando

spot_img

Alcione 50 anos: Marrom anuncia 13 shows gratuitos no Rio

Confira a agenda dos shows que a Marrom fará comemorando 50 anos de carreira

Direto das redes

spot_img

A nossa diva do samba, Alcione “Marrom” completa 50 anos de carreira em 2022 e comemora com 13 shows gratuitos nas zonas Norte e Oeste do Rio de Janeiro.

A iniciativa é da Secretaria Municipal de Cultura, em parceria com a equipe da sambista. A cantora sobe ao palco acompanhada da sua inseparável Banda do Sol.

Alcione vai cantar clássicos de todos esses anos dedicados ao samba, entre eles “Meu ébano”, “Estranha loucura”, “Entidade”, “Você me vira a cabeça (me tira do sério)” e o hino “Não  deixe o samba morrer”.

Durante a pequena turnê, será gravado um mini documentário com parte da história da cantora, cujo conteúdo será disponibilizado no Youtube com acesso livre e gratuito. 

Artistas locais interessados em cantar com Alcione serão selecionados para cantar com a Marrom no dia da apresentação em cada bairro. A ideia é selecionar um artista por show e oferecer ajuda de custo de R$ 2,5 mil, cada. 

Todas as apresentações são gratuitas e sempre às 19h. Pede-se 1kg de alimento não perecível.

ALCIONE “A MARROM”

Dona de uma voz inconfundível, 42 discos e um Grammy Latino, Alcione é responsável por grandes sucessos, entre eles, “Meu ébano”, “Estranha loucura”, “Entidade”, “Você me vira a cabeça (me tira do sério)” e “Não deixe o samba morrer”. Natural de São Luís do Maranhão, a cantora integrou o emblemático Clube do Samba ao lado de nomes como Dona Ivone Lara, Clementina de Jesus, Martinho da Vila, Paulinho da Viola e Clara Nunes.

Mangueirense, Alcione chegou na escola de samba de Madureira em 1974, e junto da agremiação verde e rosa fundou a Mangueira do Amanhã, escola de samba com projeto social, voltada para crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos. Amante da folia, a artista foi homenageada no carnaval de São Paulo, em 2018. Com o enredo “A Voz Marrom que não Deixa o Samba Morrer”, a Mocidade Alegre conquistou o vice campeonato ao retratar a importância de Alcione no samba brasileiro.

Confira a agenda:

OUTUBRO
06/10 Lona Cultural Terra – Guadalupe
13/10 Lona Cultural Renato Russo – Ilha do Governador
20/10 Areninha Hermeto Pascoal – Bangu
26/10 Areninha Gilberto Gil – Realengo
28/10 Arena Dicró – Penha

NOVEMBRO
17/11 Lona Cultural Sandra de Sá – Santa Cruz
18/11 Lona Cultural Carlos Zéfiro – Anchieta

DEZEMBRO
07/12 Arena Fernando Torres – Madureira
08/12 Arena Abelardo Barbosa (Chacrinha) – Pedra de Guaratiba
21/12 Lona Cultural Herbert Vianna – Maré
22/12 Sala Baden Powell – Copacabana

JANEIRO
06/01 Lona Cultural Jacob do Bandolim – Jacarepaguá
07/01 Lona Cultural João Bosco – Vista Alegre
20/01 Arena Jovelina Pérola Negra – Pavuna

- Publicidade -spot_img

3 COMENTÁRIOS

  1. Não é gratuito, né??
    Pq fomos Arena Cultural Renato Russo na ilha do Governador e levamos 1kg de alimento não perecível e disseram que tinha que ter ingresso!
    Fui com a minha mãe que é fã e tem 80 anos!
    Uma falta de respeito!!

    • Oi Daniele, foi enviado pra gente pela Prefeitura como evento gratuito, achamos que pode ter sido alguém querendo se aproveitar e cobrar.

  2. Nair leal Marinho

    Parabéns, a todos os envolvidos pela iniciativa!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Confira também

Alexandre Peixe

O nome de Alexandre Peixe surgiu inicialmente como compositor de músicas interpretadas por grandes artistas, que acabavam virando sucesso absoluto....
- Você também pode aparecer aqui -spot_img

Você também vai gostar

- Publicidade -spot_img