No segundo dia de carnaval, o circuito de Campo Grande dedicou a noite a uma homenagem aos 100 anos do samba. O  samba tradicional, já faz parte do calendário do Carnaval baiano todas as quintas-feiras da folia do Rei Momo, mas este ano foi especial:  por volta das 22h, o bloco Alerta Geral trouxe uma multidão de apaixonados pelo samba. Milhares de foliões pintaram a avenida de branco com chapéus tipo Panamá – acessório característico dos malandros cariocas que fez do chapéu, um acessório indispensável e identificador dos sambistas.  A homenagem ao samba foi lembrada no tema do bloco: Samba, a força de um canto. Puxando o bloco no trio, estiveram vários sambistas cariocas entre eles o cantor e compositor  Délcio Luiz e o irreverente Mosquito que se uniram à baiana Juliana Ribeiro e Grupo Bambeia, para cantar os 100 anos do mais original dos ritmos brasileiros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Entre com seu comentário
Por favor, digite seu nome