39.7 C
Brasil
domingo, setembro 19, 2021

Loja Sambando

spot_img

imortais do samba

Clementina de Jesus

Clementina de Jesus é conhecida e aclamada como a inconfundível e autêntica voz da raiz do samba.Mas, para defini-la melhor, é preciso ir para além da raiz do samba:A...

Dona Ivone Lara

A primeira dama do Samba, nasceu em Botafogo, no Rio de Janeiro, em 13 de abril de 1921.Filha de uma cantora de rancho, começou a compor com 12 anos. Uma de suas primeiras músicas foi o partido-alto Tiê-tiê (nome...

Pixinguinha

Pixinguinha nasceu no dia de São Jorge, padroeiro do Samba,  e  a avó africana o chamava de “Pizindim” que quer dizer “menino bom”.Ainda criança contraiu varíola e os amigos  o apelidaram de Pixinguinha (unindo o apelido Pizindim com Bexiguinha...

Ataulfo Alves

Nasceu na Fazenda Cachoeira, município de Miraí, Zona da Mata de Minas Gerais. Filho de Severino de Sousa e Matilde de Jesus. O pai, que tinha o apelido de Capitão, embora nunca tivesse sido militar, tocava viola, sanfona e...

Aldir Blanc

Aldir Blanc nasceu no dia 02 de setembro de 1946 e tornou-se um artista múltiplo: foi compositor, escritor, cronista.

Beth Carvalho: A imortal madrinha do samba

Sua voz sempre foi marcante, contagiante e cheia de alegria. A união perfeita entre a expressão marcante da força da mulher e a originalidade do samba.

Noel Rosa: poeta imortal

Vinte e sei anos. Este foi o tempo de sua vida. 259: Este foi o número de canções que ele escreveu em apenas sete anos, metade consagradas como obras-primas.
- Publicidade -spot_img

Você também vai gostar

- Publicidade -spot_img

Confira também

O legado de Riachão

Ao lado de Dona Ivone Lara e Nelson Sargento, Riachão foi um dos mais importantes sambistas do Brasil com um legado importantíssimo para a cultura brasileira.