Seu Jorge é Pixinguinha: um homem carinhoso

Seu Jorge confessa que gostava de Pixinguinha desde criança e que sua participação torna-se ainda mais empolgante.

Um dos maiores nomes da música brasileira, finalmente terá sua história transformada em filme. Pixinguinha, que faleceu no carnaval de  1973, enquanto a banda de Ipanema, um dos blocos carnavalescos fundados por ele e outros sambistas, fazia seu desfile.

O roteiro escrito por  Manuela Dias ( Ligações Perigosas e Justiça)  terá  drama, humor e,  músicas. Mas, segundo a diretora Denise Saraceni, o filme basicamente, irá  desvendar o temperamento de um artista muito importante para o Brasil, com base na sua competência criativa e profissional, e que abriu portas para outros artistas negros.

Pixinguinha: um homem carinhoso começou a ser produzido em 2012. O orçamento precisou ser revisto e aprovado pela Ancine  e hoje gira em torno de R$ 6 milhões.

Sob a direção da estreante no cinema Denise Saraceni primeira mulher a se tornar diretora de núcleo da tevê Globo e que rompeu barreiras e gravou sua assinatura em  obras que ocupam seleto lugar na galeria das superproduções da emissora como  Memorial de Maria Moura, A Muralha e Engraçadinha além de dirigir  “A Lei do Amor”,  o  filme vai ter foco maior no período dos anos de 1940 considerado como período chave da vida de Pixinguinha, como infância e juventude.  Para Denise Saraceni, o filme não tem um conceito de “obra histórica”. Ela prefere classificá-lo como uma “obra lúdica”.

Para interpretar a vida e obra deste grande personagem da nossa cultura, artistas de peso foram convidados, entre eles o casal Taís Araújo (que viverá Beti, mulher de Pixinguinha) e  Lázaro Ramos que poderá interpretar o também flautista Alfredo da Rocha Vianna, pai do protagonista.

Agora para viver Pixinguinha,  o ilustre convidado foi  Seu Jorge. Já tendo bastante intimidade com a flauta, especialidade do grande Pixinguinha, Seu Jorge resolveu aperfeiçoar seus conhecimentos para garantir mais credibilidade ao personagem que era um exímio flautista.

Em entrevista concedida sobre o filme ao Jornal O Globo, Seu Jorge confessa que gostava de Pixinguinha desde criança e que sua participação torna-se ainda mais empolgante já que terá a oportunidade de filmar fazendo aquilo que gosta: música.

Seu Jorge também não esconde que ficará muito à vontade com as cenas musicais já que também é um excelente músico. Mas ele também quer explorar a habilidade de Pixinguinha de ter adentrado em um universo musical sofisticado, mantendo a humildade. Além disso, o cantor e músico ainda enfatiza que o cinema desempenha a importantíssima função de trazer as músicas de Pixinguinha para a nova geração.

Para Seu Jorge, todo trabalho no cinema oferece a oportunidade de ensinamentos para o resto da vida e, este certamente terá uma conotação mais especial.

Pixinguinha: um homem carinhoso tem estreia prevista para outubro de 2017.

2 comments

  1. Mary 25 fevereiro, 2017 at 15:21 Responder

    I do consider all of the concepts you’ve presented in your report. They are really convincing and will certainly work.
    Still, the posts are very quick for beginners. Could you please lengthen them a little from subsequent time? Thanks for the report.

Deixe seu recado

porntt free porn adultpicsxxx.com