Moacyr Luz e o Samba do Trabalhador

Um dos mais respeitados sambistas brasileiros, Moacyr Luz tem mais de 100 músicas gravadas por diferentes intérpretes, do Samba à MPB, tais como, Maria Bethânia, Nana Caymmi, Beth Carvalho, Leny Andrade, Gilberto Gil, Leila Pinheiro entre tantos outros. Participou de projetos importantes como Seis e Meia com João Nogueira, Pixinguinha com Luiz Carlos da Vila e Antenas do Ipiranga com Elton Medeiros.

Já levou seu samba para metade do mundo realizando shows em Angola, Madrid, Paises Baixos, além de tocar em Haia, Holanda, Havana, França e outros países. Teve a honra de ser o autor de “Vida da minha vida”, faixa título do cd de Zeca Pagodinho e de ter Zeca Pagodinho participando do seu nono disco, Batucando, lançado em 2009 ao lado de outros ilustres sambistas como Beth Carvalho, Ivan Lins, Mart´nália, Martinho da Vila, Luiz Melodia, Tantinho da Mangueira e Wilson das Neves.

Em 2005 decidiu que iria recuperar um reduto de samba muito conhecido no Rio de Janeiro e que estava sendo esquecido: o Renascença Clube. Criou então o Samba do Trabalhador, em plena segunda-feira. O evento virou reduto dos amantes do samba e reúne uma multidão, toda segunda-feira a quase dez anos!

E é este clima de alegria, descontração e energia positiva do Samba do Trabalhador e de Moacyr Luz que o Sambando.com trás para você. Confira!

Como o próprio Moacyr Luz afirma, o Samba do Trabalhador passou a ser referência de reduto de sambistas no Rio de Janeiro. O evento tem a magia de renovar as energias de todos que ali estão. Graças a ideia genial deste ilustre artista que conquista mais e mais fãs a cada dia, o Samba do Trabalhador tornou-se conhecido em todo Brasil e tem se tornado inclusive ponto de encontro de turistas do mundo inteiro que visitam o Rio de Janeiro. Salve Moacyr Luz, Salve o Samba do Trabalhador, onde a segunda-feira, tem cara de sexta e o clima tem a alegria de encontrar os amigos, sambar e dar rizada numa noite de domingo!

Deixe seu recado